Há cerca de um mês, John Mark McMillan anunciava seu mais novo disco e era destaque em um post aqui no *catavento.

O cantor e compositor da Carolina do Norte (EUA) volta a merecer destaque após lançar o videoclipe de mais um single, dessa vez intitulado “Love At The End” (“Amor no fim”, em tradução livre). O vídeo é fantástico e a canção não fica por menos. Confira abaixo o vídeo, a letra traduzida:

Sem a meia luz
Fora das estradas que viajamos
Pela beira da estrada
Contra o brilho de uma Babilônia
Eu vi um império
Saborear a tempestade de uma forte reunião
Mas eu achei amor no fim do mundo

Meu coelho está correndo
Nos quentes calcanhares de rua de Roma
Minha hora está chegado para reconciliar com o alvorecer

Eu estou no limite
Eu estou no limite
Eu estou no limite
Mas eu achei amor no fim do mundo

Diga ao ceifeiro
Diga ao cobrador
Eu não tenho nada que pertença a ele
Ruína empurra entulhos na cidade do pecado
Mas eu achei amor no fim do mundo

Fora do boa noite
Eu nasci em seus braços
É como se você fosse meu país
Como se você fosse as colinas onde pertenço

Fora do boa noite (Estou no limite)
Eu nasci em seus braços (Estou no limite)
É como se você fosse meu país (Estou no limite)
Como se você fosse as colinas onde pertenço

Diga ao ceifeiro
Diga ao cobrador
Eu não tenho nada que pertença a ele
Ruína empurra entulhos na cidade do pecado
Mas eu achei amor no fim do mundo


Foto: reprodução
O single pode ser já pode ser adquirido no iTunes americano.