A equipe do BuzzFeed Yellow postou um vídeo na rede onde alguns de seus integrantes falam sobre o cristianismo que vivem e desconstroem rótulos.

“Eu sou cristão, mas eu não…” mostra diferentes posições, pontos de vista e estilos de vida; todos de pessoas que genuinamente se enxergam como cristãs. Você confere o vídeo abaixo e, como está sem legenda, o catavento* traduziu e separou as frases de cada um para uma melhor compreensão.

Eu sou Cristão, mas eu…

1
– não sou homofóbica;
– não me coloco em um pedestal.

6– definitivamente não sou perfeito;
– não julgo as pessoas;
– não tenho todas as respostas.

2
– não tenho a cabeça fechada.
_

5-2
– não rejeito as pessoas;
– não sou conservadora.

4
– não sou alienada.
_

3
– não sou ignorante.

 

O que você é?

1– sou acolhedora;
– sou uma feminista;
– eu acredito no sexo depois do casamento, mas eu vou lhe dar conselhos sexuais se você me pedir.

5-2– eu sou queer*;
– não tenho medo de falar sobre sexo;
– já fui uma conselheira de acampamento da juventude;
– tenho amigos de todos os estilos de vida e religiões; amo eles todos!

* termo em inglês que está mais comumente associado à homossexualidade; porém pode indicar bissexualidade ou outro comportamento LGBT.

2– sou uma feminista;
– eu amo Beyoncé;
_

3– sou gay;
– eu acredito na ciência, na verdade, eu acho que a ciência faz Deus parecer bem legal.
_

4– Eu amo vinho;
– Eu vou à Igreja nos domingos;
– Eu escuto sim música cristã: rock cristão, rap cristão, T-Mac, etc.

6
– definitivamente feminista;

 

O que você quer que as pessoas saibam sobre a comunidade cristã?

4
– Eu acho que o que eu quero que as pessoas saibam sobre a comunidade cristã é que a gente não é meio maluco…

5-2– Nós não deveríamos ser julgados apenas com base no que se vê na mídia ou nas pessoas que você encontra no seu dia-a-dia. Cada cristão é diferente e nós merecemos a chance de nos explicar.

1– Muitas pessoas pensam que a Cristandade arruína pessoas, mas eu penso que as pessoas é que estão arruinando a comunidade cristã. Você nunca realmente vê as coisas boas que acontecem, apenas os hipócritas e aqueles que se colocam em um altar.

2
– Que no seu núcleo é tudo sobre aceitação e ser bom para com o próximo.
_

3– Só por que nós seguimos uma fé que tem algumas pessoas horríveis nela, não faz de todos nós uns terríveis também.
_

6– Eu não acho que os Cristãos deveriam julgar as pessoas pelo que elas são ou fazem. Acho que todo mundo está em uma parte diferente da vida, em seu próprio caminho para onde quer que estejam tentando ir. Todos somos pessoas, e acho que isso é o mais importante.


O vídeo já viralizou e obviamente gerou comentários de todos os tipos e lados.

Importante notar que são pessoas falando de si: convicções, hábitos, opiniões e preferências. Tampouco é falado do Cristianismo como fé ou religião. São pessoas falando sobre pessoas.

Diante do mosaico que é qualquer segmento social ou religioso, o BuzzFeed traz sua contribuição para um grupo que cada vez mais é homogeneizado pelos veículos de comunicação e – quiçá – pelas próprias igrejas.

Uma definição segura de Cristão é alguém que busca ser igual à Cristo. Esse processo é uma caminhada onde muitos se encontram em diferentes posições e é um trabalho árduo – muitas vezes inútil – delimitar onde alguém se encontra, ou se está mesmo tentando ter uma vida cristã.