Uma série de fotografias do The New York Times que registram diferentes jornadas de refugiados foi premiada no Pulitzer, a maior prêmio do jornalismo mundial. Entre os quatro fotógrafos que fizeram registros está o brasileiro Maurício Lima, que tem dedicado sua carreira a registrar pessoas imersas em situações de conflito armado e crises sociais.

Maurício, que é o primeiro brasileiro a ganhar o prêmio, é de São Paulo e desde 2001 tem se dedicado a fotografar a situação de países como Iraque, Afeganistão, Israel, Líbia e o próprio Brasil. O fotógrafo é independente e seus registros para o New York Times foram publicados em conjunto com as fotos de Sergey Ponomarev, Tyler Hicks e Daniel Etter, que também ganham o prêmio. Para conferir todos os cliques premiados, acesse o site do Pulitzer. Abaixo, confira o olhar de Maurício Lima:

2016nytimesbreaking11

O catavento* fez um especial sobre Refugiados, mostrando a realidade atual da situação de milhões espalhados pelo mundo.