Ainda que toda sua jornada solo seja expressiva e talentosa o suficiente para chamar atenção, você deve conhecer Brooke Fraser por causa da sua temporada no Hillsong United. A cantora neozelandesa de 30 anos emplacou grandes músicas em seus discos “Albertine” e “Flags”, mostrando que sabe fazer um pop de rádio sem se deixar levar pelos clichês.

A estreia do single da moça, que anuncia a vinda de um novo disco até o fim do ano, só prova como ela está interessada em se reinventar. “Psychosocial” nos surpreende com elementos eletrônicos num clima lo-fi inesperado para quem fez tanto no folk-pop. Lembra a mudança brusca de Derek Webb em “Stochholm Syndrome”. Dá o play, rapaz: