11 livros infantis para entender melhor o que é ser refugiado

– por Romina Cácia –

Quase todos os dias ficamos sabendo sobre novos casos de pessoas desesperadas buscando refúgio em outros países. Elas, infelizmente, não podem continuar em suas terras natais e precisam fugir por causa de guerras, sua etnia, nacionalidade, opiniões políticas, religião, mudanças climáticas ou pobreza extrema.

O lugar que até então era seu lar torna-se inviável e elas se lançam na esperança de sobreviver e ter uma vida melhor. Há um ano, o relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), alertou para o fato de que, pela primeira vez depois da era pós­ Segunda Guerra Mundial, o números de pessoas refugiadas, requerentes de asilo ou deslocadas internamente em seus países é superior a 50 milhões. Hoje, o número já está beirando os 60 milhões.

Ter contato com esse cenário, ainda que por textos literários, pode motivar os sentimentos de empatia e solidariedade, ao invés de pena entre crianças, professores e seus familiares. Já para aqueles que têm essa experiência pessoal, é uma oportunidade de ver nas narrativas uma metáfora de sua luta em se adaptar, superar seus medos e outros obstáculos como lidar com as barreiras linguísticas ou diferenças culturais. É uma maneira de refletir a responsabilidade mútua que todos nós temos de ajudar uns aos outros, mesmo com diferentes origens.

As experiências mais diversas, em partes diferentes do mundo, são relatadas em obras como essas, listadas abaixo. Infantis ou sobre a infância, os livros ajudam crianças a entender melhor a nova e difícil realidade que têm de enfrentar:

1­. A Song for Cambodia;

1Quando Arn era um jovem garoto, no Camboja, seus dias eram repletos de amor, alegria e música. Mas tudo muda quando sua aldeia é invadida por soldados e sua família é assassinada.

Arn então é levado para um campo de trabalho infantil, onde trabalha e é vigiado pelos mesmos que dizimaram sua família.

No meio da rotina árdua, no entanto, ele encontra uma maneira de sobreviver que mudaria para sempre sua vida.

Autoria: Michelle Lord

Link para o livro: clique aqui.


2­. Alfredito Flies Home;

2Pela primeira vez, após terem deixado El Salvador como refugiados, Alfredito e sua família voltam à terra natal para as festas de fim de ano.

Só que dessa vez, ao contrário da primeira aventura, eles irão voando.

Autoria: Jorge de Argueta

Link para o livro: clique aqui.

 

 


3. Brothers In Hope: The Story Of The Lost Boys Of Sudan;

3Baseado em fatos reais, este é um livro sobre Garang, um garoto órfão por causa da guerra no Sudão, que foge após a destruição de sua aldeia. Caminhando em busca de um novo lar, ele encontra outros garotos com histórias parecidas, que se juntam a ele para se sentirem mais seguros.

Os meninos enfrentam perigos e caminham por diferentes países procurando um lugar onde possam se sentir seguros novamente.

Autoria: Mary Williams

Link para o livro: clique aqui.


4­. Christophe’s Story;

4O que acontece quando você finalmente consegue abrigo num país onde nada é semelhante à sua antiga rotina? Christophe é um menino ruandês que agora vivo no Reino Unido e tenta se acostumar com sua nova vida.

Ele precisa aprender um novo idioma e a lidar com tradições completamente diferentes das suas, mas nada lhe parece mais difícil do que a saudade que sente de seu avô, cuja doença o deixou para trás, e de seu irmão, que foi assassinado por soldados. Ele se sente muito solitário e tem vontade de voltar para a Ruanda todos os dias, mas sua professora lhe explica a importância de compartilhar sua história e ele aprende uma importante lição.

Autoria: Nikki Cornwell

Link para o livro: clique aqui.


5­. Drita, My Homegirl;

5Drita acaba de fugir da guerra de Kosovo e agora vive com a família nos Estados Unidos. Ela achava que tudo seria exatamente como via nos filmes, mas tem uma grande surpresa ao chegar em sua nova escola.

No meio de sua luta para se adaptar e se ajustar, ela conhece Maxie, uma colega que não vai muito com sua cara e parece ser completamente diferente dela. Até que elas são unidas por um trabalho escolar e descobrem como uma amizade pode florescer mesmo com diferenças culturais tão grandes.

Autoria: Jenny Lombard

Link para o livro: clique aqui.


6­. Série Refugee Diary;

Série de relatos autobiográficos que contam sob a perspectiva de uma criança como é ter que fugir de seu próprio país, atravessar fronteiras, viver com medo, as dificuldades em encontrar um país que lhe aceite dar refúgio e a felicidade de finalmente poder voltar a ter esperança no futuro.

Links para os livros:

Gervilie’s Journey – clique aqui;

Hamzat’s Journey – clique aqui;

Meltem ́s Journey – clique aqui;

Mohammed’s Journey – clique aqui.


7. Give me Shelter: Stories About Children who seek asylum;

7Coletânea sobre o relato de jovens de diversas zonas de conflito no mundo – entre elas Kosovo, Etiópia, Vietnã, Eritréia, Zaire, Sudão, Somália, Iraque, Zimbábue e Curdistão que viajam pelo mundo, com ou sem parentes, em busca de um país que aceite lhes dar asilo e eles, assim, possam se tornar refugiados ali.

São histórias que contam os obstáculos até conseguir ter um lar novamente, o sofrimento físico e emocional e as ajudas no meio do caminho para suportar o inimaginável.

Autoria: Tony Bradman

Link para o livro: clique aqui.


8. Going Home, Coming Home;

8Ami Chi está viajando para o Vietnã, lugar que seus pais, refugiados, sempre chamaram de casa, mesmo não morando lá há muito anos, e que ela nunca conheceu.

Como ela vai conseguir viver num país completamente diferente daquele onde nasceu? Uma história sobre como se pode ir para muito longe e mesmo assim ainda se sentir em casa.

Autoria: Truong Tran

Link para o livro: clique aqui.

 


9. Out of Iraq;

9Parceria entre a escritora Sybella Wilkes e a atriz Angelina Jolie, o livro é uma miscelânea de relatos, imagens e canções infantis que contam como era a vida no Iraque, os motivos para fugir, como é ser refugiado e se há ou não o desejo de voltar para o país.

O livro também explica qual o papel do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e propõe ideias para usar o livro em sala de aula.

Autoria: Angelina Jolie e Sybella Wilkes

Link par ao livro: clique aqui.


10. The Color of Home;

10Hassan acaba de fugir da Somália para os Estados Unidos e sente falta do colorido de sua terra natal.

Mas com a ajuda dos pais e de um projeto de arte, ele encontra maneiras de lidar com a dor da perda e toma coragem para compartilhar sua história.

Autoria: Mary Hoffman

Link para o livro: clique aqui.

 

 


11. The Island;

11

O único da lista voltado para o público mais infanto-juvenil, não recomendado para os mais novos, pois conta com uma pesada alegoria que ensina sobre xenofobia.

Ao encontrar um homem completamente diferente dos nativos, os habitantes de uma ilha criam teorias sobre como ele poderia ser perigoso, então lhe prendem e lhe alimentam com a mesma ração que dão para os porcos e só se acalmam quando conseguem expulsá­-lo de lá.

Para pensar sobre culturas diferentes, direitos humanos e políticas sociais.

Autoria: Armin Greder

Link para o livro: clique aqui.

  • Share this on WhatsApp
  • Pin this page0
  • 35
Assine nossa newsletter. É grátis!

Assine nossa newsletter.
É grátis!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba, semanalmente, doses de inspiração do catavento*

Deu tudo certo =) Obrigado por assinar nossa newsletter!

Simple Share Buttons
friend links: silicone wristbands personalized rubber bracelets